Carros, Comparativos, Financiamento, Mercado

As 10 vantagens de comprar um carro usado em vez de um novo

3 de março de 2016 por Meu Usado Novo

  • A compra de um automóvel é sempre um momento que exige paciência na busca da melhor opção. Consumidores que gostam de carros são criteriosos e costumam dedicar bastante tempo em pesquisas para acertar na compra. Esse mesmo consumidor já descobriu que comprar carro usado pode representar uma ótima oportunidade para satisfazer qualquer tipo de bolso e ainda encontrar vantagens.

    Um carro seminovo se caracteriza pela sua quilometragem, que costuma estar abaixo dos 30 mil km rodados, e possui garantia geralmente ainda no primeiro ano. As vantagens para quem compra um carro usado são evidentes se comparadas aos modelos 0 km e elas não dizem respeito somente à oferta de preço da compra. Existem outros aspectos que vêm influenciando a opção pela compra dos seminovos e alavancado esse tipo de negociação no Brasil.

    De todo modo, a compra exigirá pesquisa, comparações e a busca da melhor opção que se enquadre aos mais diversos orçamentos. Uma coisa é certa: comprar um veículo nunca esteve tão fácil como nos últimos anos, sobretudo pelas questões relacionadas aos cortes de juros dos anos anteriores. Muitos carros zero saíram das montadoras recentemente e, agora, eles são seminovos disponíveis em revendedoras.

    As diversas formas de financiamento, sendo CDC e leasing as mais tradicionais, também facilitam e aquecem o mercado de automóveis, permitindo que consumidores sem dinheiro para compras a vista possam adquirir seus carros diluindo as parcelas ao longo dos anos.

    Se você também se encaixa no grupo dos consumidores exigentes e quer fazer a compra certa, preparamos esse post especialmente para ajudá-lo. Nele, apresentamos algumas vantagens para o consumidor ter a certeza de que está fazendo um ótimo negócio quando compra um seminovo. Economia na compra é somente a primeira delas. Confira:

    1 – Preço

    Essa é a vantagem básica da compra de um carro seminovo em relação ao carro zero. Quem procura preço baixo vai encontrar ótimas oportunidades nos usados. Além disso, em muitas situações, com o mesmo dinheiro que investiria na compra de um carro novo, o consumidor pode encontrar modelos seminovos bem mais sofisticados e equipados.

    2 – Seguro

    Além do preço de um seminovo ser mais em conta do que o de um carro zero, o valor do seguro também será menor. Como o seguro é cobrado mais de uma vez, a economia será percebida ao longo dos anos em que o veículo estiver na posse do novo comprador. Esse, portanto, é um benefício que será sentido em longo prazo.

    3 – Desvalorização do carro zero

    Evitar a perda de dinheiro causada pela desvalorização de um carro novo é um dos grandes motivos que leva os consumidores a optarem pela compra de um carro usado. A desvalorização do carro zero é, em média, de 20% assim que o cliente retira o automóvel da concessionária e ela continua nos três primeiros anos de uso do veículo.

    4 – Documentação

    A economia para comprar carro usado também está vinculada a parte de documentação. Os custos para regularizar um carro zero podem chegar a R$ 1.200, relacionados com o emplacamento e a documentação. Por outro lado, para regularizar um carro seminovo o consumidor precisa pagar somente a taxa de transferência, que é 100 vezes mais em conta. Parece exagero, mas não é. A taxa de transferência custa, em média, R$ 122.

    5 – Trocas frequentes

    Alguns consumidores trocam de carro com frequência por causa do emprego, por exemplo, que costuma fazer com que eles se mudem de cidades e até de estados em curtos períodos de tempo. Se esse tipo de consumidor precisar trocar de carro e optar sempre por modelos 0 km certamente o desperdício de dinheiro será grande. Isso porque a depreciação dos primeiros anos do veículo representará um dinheiro gasto que não voltará em hipótese alguma. Os seminovos, como já foi explicado, não sofrem com esse tipo de problema.

    6 – Economia de combustível

    Carros híbridos, movidos a diesel e com motores econômicos costumam ser mais caros. Quando seus valores são os mesmos que possibilitam a compra de um veículo convencional ou um seminovo com maior economia de combustível, o carro usado novamente pode valer mais a pena. A economia será percebida tanto no ato da compra quanto nos custos com manutenção.

    7 – Equipamentos

    Num cenário de alta concorrência e competitividade, algumas montadoras têm adotado uma nova estratégia para tornar suas ofertas mais atraentes no mercado. Elas criam novas versões de determinados modelos com menos equipamentos e preço mais baratos. Os seminovos, quando comparados a esses modelos, além de ter um valor ainda menor, possuem mais equipamentos e são uma opção mais vantajosa. Nesse caso, clientes que fazem questão de adquirir carros completos ou com a maioria dos benefícios possíveis certamente encontrarão mais satisfação nos seminovos.

    8 – Perda de patrimônio

    Motoristas inexperientes podem cometer deslizes considerados normais e, portanto, estão propensos a desgastar mais rapidamente os carros novos. Por isso, modelos seminovos, que já representam um investimento menor, podem causar prejuízos menores em eventuais batidas por exemplo. Isso não quer dizer que motoristas com menos quilômetros de experiência são todos “barbeiros”, mas o fato é que os “mais rodados” sabem como cuidar melhor de seus bens e conhecem os segredos das pistas e de seus veículos.

    9 – Financiamento

    A aquisição de automóveis por financiamento costuma ser uma opção bastante comum tanto para carros novos quanto para os seminovos. A diferença de preço mais uma vez será percebida nesse caso e as parcelas altas dos 0 km representam uma desvantagem em relação aos usados. Os veículos fabricados em 2010 e 2011, por exemplo, entraram no mercado em tempos de IPI reduzido e seus valores e parcelas eram mais baratos.

    10 – Garantia

    Quando você compra um carro usado conseguirá aproveitar parte da garantia oferecida pela montadora ao primeiro comprador caso ela ainda esteja em vigência. Se o carro foi retirado da montadora há um ano e a garantia era de três anos, por exemplo, o novo comprador ainda terá dois anos de garantia. Além disso, as revendedoras costumam oferecer garantias de alguns meses para quem opta por comprar carro usado.

    Conhece mais alguma vantagem de comprar um carro usado em vez de um novo? Tem ainda alguma dúvida? Compartilhe com a gente!